imagem do carregador
quinta-feira, abril 18, 2024
InícioBenefícioImplante dentário SUS: entenda como funciona

Implante dentário SUS: entenda como funciona

Anúncios


Anúncios


Implante dentário SUS: O acesso à saúde bucal no Brasil ainda é um desafio, principalmente para a população mais carente. Muitas pessoas não têm condições financeiras de arcar com tratamentos odontológicos mais complexos, como os implantes dentários, que podem ter um custo elevado na rede privada.

Nesse sentido, o SUS (Sistema Único de Saúde) pode ser uma alternativa para quem precisa desse tipo de intervenção. Mas, afinal, como funciona o implante dentário pelo SUS? Quais são as principais etapas desse processo? É o que vamos explicar neste artigo.

O que é o implante dentário

O implante dentário é uma técnica odontológica que consiste em substituir um ou mais dentes perdidos por uma prótese fixa. O procedimento é realizado através da instalação de um pino de titânio no osso maxilar, que servirá como suporte para a prótese.

Anúncios


O implante é uma opção mais duradoura e confortável que as próteses móveis convencionais, que podem causar desconforto e até dificuldade na alimentação.

Anúncios


Quem pode fazer o implante dentário pelo SUS

O acesso ao implante dentário pelo SUS é garantido a todos os cidadãos brasileiros, desde que apresentem a necessidade clínica do procedimento. Ou seja, o paciente deve ter perdido um ou mais dentes e apresentar condições de saúde favoráveis para a realização da cirurgia.

Como é feita a triagem para o implante dentário SUS

O processo de triagem para o implante dentário pelo SUS começa com uma avaliação clínica do paciente, realizada por um dentista da rede pública. O profissional irá verificar as condições de saúde bucal do paciente, a quantidade de dentes perdidos e a estrutura óssea da mandíbula. Caso o paciente seja considerado apto para o procedimento, será encaminhado para a etapa seguinte.

Anúncios


Lista de espera

Assim como em outros procedimentos de alta complexidade oferecidos pelo SUS, o implante dentário pode ter uma lista de espera, que varia de acordo com a demanda de cada região do país. O paciente será informado sobre o prazo de espera e receberá acompanhamento da equipe de saúde bucal durante todo o processo.

Anúncios


Procedimentos do Implante dentário SUS

O implante dentário pelo SUS é um procedimento completo, que engloba desde a instalação do pino de titânio até a fixação da prótese. Durante o processo, o paciente pode passar por exames pré-operatórios, como radiografias e tomografias, para avaliar a estrutura óssea e garantir a segurança da cirurgia.

Duração do processo

O tempo de duração do processo de implante dentário pelo SUS pode variar de acordo com cada caso. Em média, o procedimento completo pode levar de seis a oito meses, incluindo o período de espera para a integração do pino de titânio ao osso maxilar.

Implante dentário SUS
Implante dentário SUS

Cuidados após o implante

Assim como em qualquer procedimento cirúrgico, é fundamental que o paciente siga as orientações do dentista após a realização do implante dentário. É importante evitar alimentos duros ou pegajosos nos primeiros dias após a cirurgia, além de manter uma boa higiene bucal, com escovação e uso de fio dental regularmente.

O paciente também deve comparecer às consultas de acompanhamento e seguir as orientações para evitar complicações no processo de cicatrização.

Vantagens e desvantagens do implante dentário pelo SUS

Uma das principais vantagens do implante dentário pelo SUS é o acesso gratuito a um procedimento que pode ter um custo elevado na rede privada. Além disso, o paciente pode contar com uma equipe de profissionais de saúde bucal durante todo o processo, o que pode garantir um resultado mais seguro e satisfatório.

Porém, é importante lembrar que o processo pode ter uma lista de espera e pode levar mais tempo para ser concluído. Além disso, nem todas as regiões do país contam com esse tipo de serviço, o que pode dificultar o acesso em algumas áreas.

Serviços oferecidos pelo programa Brasil Sorridente

O programa Brasil Sorridente, criado em 2004 pelo Ministério da Saúde, tem como objetivo promover a saúde bucal da população brasileira por meio da prevenção, tratamento e reabilitação dos problemas dentários. Entre os serviços oferecidos pelo programa estão:

  1. Atendimento odontológico básico: O programa Brasil Sorridente oferece atendimento odontológico básico gratuito para toda a população. Esse serviço inclui desde consultas e orientações sobre higiene bucal até a realização de procedimentos como restaurações, extrações e limpezas.
  2. Procedimentos de média complexidade: Além dos serviços básicos, o programa também oferece procedimentos de média complexidade, como tratamentos de canal, cirurgias e próteses dentárias.
  3. Saúde bucal para gestantes: O programa Brasil Sorridente também oferece atendimento odontológico especializado para gestantes, com o objetivo de prevenir e tratar problemas bucais que possam afetar a saúde da mãe e do bebê.
  4. Saúde bucal para pessoas com deficiência: O programa conta com equipes especializadas em atendimento odontológico para pessoas com deficiência, que oferecem tratamentos adequados e adaptados às necessidades de cada paciente.
  5. Educação em saúde bucal: Além dos serviços de atendimento odontológico, o programa Brasil Sorridente também promove ações de educação em saúde bucal, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção e da manutenção da saúde bucal.

Em resumo, o programa Brasil Sorridente oferece uma ampla gama de serviços de saúde bucal para a população brasileira, com o objetivo de garantir o acesso a tratamentos de qualidade e promover a prevenção de problemas dentários.

Conclusão

O implante dentário pelo SUS pode ser uma alternativa para quem precisa desse tipo de intervenção, mas não tem condições financeiras de arcar com o tratamento na rede privada.

O processo envolve uma triagem clínica, uma lista de espera e um procedimento completo, que pode levar alguns meses para ser concluído. É fundamental que o paciente siga as orientações do dentista após a cirurgia, para garantir a integração do pino de titânio ao osso maxilar e o sucesso do implante.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui